Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009
Mais do mesmo

Mais uma boa exibição, mais uma vitória e mais um torneio. E das participações em três torneios de pré-época (Guadiana, Amesterdão e Guimarães) vêm para a já tão preenchida sala de troféus do nosso clube mais três taças.

Estes jogos valem o que valem. O Benfica já é conhecido como o campeão das pré-épocas, mas este ano é diferente. Este ano o Benfica joga, mas joga bem! Ganha, e ganha bem! Este ano há uma táctica, há um onze base e há boas soluções no banco.

Enviou-me no fim do jogo, um grande amigo meu e companheiro de cativo, uma mensagem que dizia simplesmente "Estou com um feeling que é este ano". Eu também tenho esse feeling. Não como nos outros anos. Este ano é um sentimento que se baseia numa equipa forte e coesa, num treinador que confirmadamente sabe o que faz e uma equipa que tem prazer em jogar á bola.

Meus amigos, este é o ano do Benfica!

E Pluribus Unum, todos unidos pelo Benfica!

 



publicado por Pedro Pavia Saraiva às 00:08
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 30 de Julho de 2009
Benfica do Mundo!

Este post começou por ser um comentário ao post "Benfica de Portugal" do André Couto. Vou tentar explicar quais são, a meu ver, as razões que tornaram o Benfica na tal Sociedade das Nações de que o André fala.

Eu não acredito que se o LFV ou o Rui Costa se encontrarem perante um jogador português e um estrangeiro da mesma qualidade optem pelo estrangeiro. Principalmente o nosso director desportivo. Não por ser, para muitos benfiquistas (não sou um deles) a personificação de Deus mas porque também ele foi jogador de futebol, e sabe melhor que ninguém as necessidades, medos e anseios dos atletas portugueses.

O que se passa é muito simples: falta de credibilidade, competência, visibilidade, competitividade do nosso campeonato. E aí a culpa não é do Benfica. Os bons jogadores portugueses com pouco mais de 20 anos já estão nos grandes clubes europeus (veja-se Simão, Ronaldo, Rui Costa, Figo ou Pauleta entre tantos outros). Querem "dar o salto", e esse mesmo salto já não é para o Benfica como era nos anos 60. É para o Real Madrid, Man Utd, Milan etc. Quer queiramos quer não o nosso campeonato não é atractivo para os grandes jogadores, portugueses incluídos.

O Benfica não tem capacidade financeira de atração para ir buscar um grande jogador português. E como tal entre um português mediano e um estrangeiro melhor escolhe o estrangeiro. Isto é duro? É, mas é a consequência do Mundo globalizado em que vivemos e é a unica forma do clube se manter competitivo e ganhar títulos. E esse é o objectivo do clube, ganhar títulos. Se me perguntarem se prefiro onze Zés e Antónios ou onze Pablos eu obviamente prefiro Antónios. Mas mais que isso quero vê-los a levantar taças. Sejam eles portugueses, chineses ou costa-marfinenses.

Muito mais grave parece-me a "invasão" da nossa selecção nacional por estrangeiros, mas isso ficará para um novo post...



publicado por Pedro Pavia Saraiva às 16:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 3 de Julho de 2009
Por um Benfica ao vivo e a cores no Século XXI!

Correndo o risco de no momento em que escrevo, por não ter acesso à internet, estar já completamente desactualizado face ao avassalador fluxo de informação que corre sobre o Sport Lisboa e Benfica por estes dias, decidi ainda assim aproveitar o tempo morto de uma viagem em trabalho para fora do pais e partilhar algumas reflexões sobre o nosso clube.

Não deixa de ser curioso pensar que, pelo facto de as eleições terem sido antecipadas (e apenas por isso), não me ser permitido exercer o meu direito de voto nas próximas eleições. Os entorses democráticos não prejudicam apenas as instituições mas efectivamente retiram direitos às pessoas que as corporizam, que as fazem, que as vivem.

Posso dizer hoje, com segurança, que não vou votar nestas eleições porque Manuel Vilarinho não deixou.

Mas, saltando sobre este processo eleitoral, que é menos que vergonhoso, e que consubstancia um golpe na credibilidade do Sport Lisboa e Benfica (que nem a história do clube nem os seus sócios mereciam), proponho-me reflectir sobre o Futuro.

Facto: Se o F.C. Porto conquistar 3 títulos na próxima temporada e o Sport Lisboa e Benfica ficar em branco, passaremos a ocupar a segunda posição em termos de n.º de troféus conquistados.

Facto: eu ainda sou do tempo (e só tenho 28 anos) em que podia dizer “o Benfica tem tantos campeonatos como todos os outros clubes juntos (a contabilidade, à época, incluía o Campeonato Nacional ganho pelo Belenenses).

 

 



publicado por Miguel Pimentel às 01:35
link do post | comentar | ver comentários (7) | adicionar aos favoritos

No terceiro anel
Pesquisa
 
Últ. comentários
Realmente não quis. Mea Culpa...
Não posso deixar de concordar contigo
Viva o Quim
Não quer dizer nada
Com o Paulo Bentoo os problemas foram sanados e a ...
Adoro este blog e já o leio à alguns dias a seguir...
O Roberto também foi dispensado pelo Quique...
Desculpem caros benfiquistas, encontrei este blog ...
Ta explicado! Não é preciso dizer mais nada ...
Benfica ... who else?
Mais comentados
2 comentários
2 comentários
Arquivos

Agosto 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Outras bancadas
Tags

todas as tags

Subscrever feeds