Quarta-feira, 29 de Julho de 2009
Benfica boicota maisfutebol, finalmente!

Os que me conhecem e aqueles com quem vou partilhando o que penso sobre o Sport Lisboa e Benfica neste espaço sabem que estou longe de ser um entusiasta da liderança de Luís Filipe Vieira. Por diversos motivos.

Não me revejo nem no estilo, nem na linguagem nem na estratégia e por isso, habitualmente, não tenho dificuldades em encontrar pontos de discordância.

Aqui há dias, neste post do meu colega de bancada André Couto, discutia-se a questão dos jornalistas da TVI e de como a mesma poderia ser motivada por questões que possam ter a ver com o envolvimento eleitoral de José Eduardo Moniz (motivações que, a serem essas, repudio).

Agora, é notícia do maisfutebol, merecedora de destaque, o facto de o Benfica boicotar este jornal online. O texto vem assinado pelo senhor Luís Sobral.

Quem se dá ao trabalho de ler as coisas que este senhor escreve facilmente percebe que, por defeito ou por tendência, estamos diante de um anti-benfiquista primário e delirante, sendo difícil compreender a linha orientadora do pseudo-jornalismo a que se dedica sem ser à luz de um sentimento de revolta face ao Sport Lisboa e Benfica, instituição que manifestamente não merece o seu respeito.

É de tal modo arreigado este sentimento que me arrisco a dizer que o anti-benfiquismo de Luís Sobral é ainda mais grave que o de Pinto da Costa. Pinto da Costa “bate” no Benfica por estratégia, Luís sobral fá-lo aparentemente porque sim (ele lá saberá porquê).

O Benfica boicota o maisfutebol.

O maisfutebol boicota o jornalismo.

O Benfica, boicotando o maisfutbeol, não boicota o jornalismo e defende-se dos que o boicotam.

Defende-se de pontas de lança travestidos de profissionais da informação. Recusa dar palco a deslumbrados que pretendem pura e simplesmente usar a marca Benfica porque vende, ainda por cima com o objectivo declarado de a enfraquecer.

Boicotando o maisfutebol, o Sport Lisboa e Benfica, para alem de contribuir para a dignificação do verdadeiro jornalismo defende os seus activos da pilhéria subjacente a uma linguagem de maledicência que faz lembrar a das velhas alcoviteiras que se escondem por detrás de uma cortina baça para espiarem, bisbilhotarem a vida do alheio e depois pespegarem no ouvido de quem passa uma visão distorcida da vida que não lhes pertence.

O maisfutebol não é um jornal online, é um pasquim.

O Senhor Luís Sobral não é jornalista porque lhe falta isenção. O senhor Luís Sobral é um activista do anti-benfica.

Em Portugal, de cada vez que se discute a hetero-regulação da actividade jornalística, seja para falar de códigos deontológicos, seja para falar de segredo jornalístico, logo se levanta um coro de pardas vozes contra o que dizem sempre ser um regresso da censura e do lápis azul. Sinal de imaturidade democrática.

Em democracia não há impunidades. Seja por quem for a lei é para cumprir. Discriminar jornalistas é proibido por lei. De acordo. Reagir contra os ataques de quem se faz passar por jornalista é uma coisa bem diferente.

Jornalista não é aquele que escreve para um jornal, seja de papel, seja online. Jornalista é quem se obriga, cumpre e esforça-se por fazer cumprir um código deontológico positivo ou costumeiro que regula a actividade dos profissionais da informação.

Espero que o Presidente explique o porquê destas decisões, convenientemente. Esse é um dos pecados que vezes sem conta lhe aponto.

Seja qual for o motivo, não alterará nem por um segundo o que penso do maisfutebol e de quem o dirige. Seja qual for o motivo, não deixo de me sentir aliviado por todas as vezes que li os sobes e desces e demais análises bacocas do Senhor Sobral sobre um clube que não conhece e pelos vistos não respeita.

E, de facto é lamentável que quem se diz jornalista, ainda por cima desportivo, não respeite o Sport Lisboa e Benfica porque quem desrespeita o Sport Lisboa e Benfica, desconsidera uma grande parte de Portugal!



publicado por Miguel Pimentel às 02:08
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

29 comentários:
De Pedro Pavia Saraiva a 29 de Julho de 2009 às 19:29
Assino por baixo. Sem tirar nem por subscrevo tudo o que dizes. Faço apenas um pequeno reparo no que diz respeito á relação que fazes com a TVI. Não sei se tens conhecimento disso, mas a TVI e o maisfutebol são a mesma coisa. Onde se lê desporto na TVI leia-se mais futebol, é a mesma equipa...

O episódio da, pouco digna obviamente, proibição de entrada na conferência de impressa do Benfica está também relacionada com esta situação...

Abraço


De Miguel Pimentel a 29 de Julho de 2009 às 19:41
Sim, tenho consciencia de que pelo menos o LS é o cabecilha de uns e outros...


De Francisco Sousa a 30 de Julho de 2009 às 00:22
Eu não sei o que deu ao Luís Sobral, mas ele, ainda antes de ter estado na Bola, foi chefe de redacção do Jornal do Benfica, onde assinava como Luís Pereira. Nessa altura conheci-o e era um benfiquista assumido. Com o sou daqueles que pensa que de clube nunca se muda, creio que deve ter havido outros valores que falaram mais alto para ele, o que, evidentemente não deixo de lamentar, em nome da verdade desportiva e em nome do clubismo que mesmo os jornalistas podem assumir sem cair em exageros, veja-se, por exemplo, o caso do João Bonzinho que, sendo assumidamente benfiquista, nunca deixou de ser um excelente jornalista.

Saudações Benfiquistas

Francisco Sousa, sócio nº 27105 do eterno GLORIOSO


De Miguel Pimentel a 30 de Julho de 2009 às 10:28
Caro Francisco,

Bem-vindo ao epluribusunum!
Já tinha ouvido ou lido algures que o Luís Sobral poderia ser ou ter sido do Benfica o que assim sendo só torna esta situação ainda mais extraordinária do meu ponto de vista.

Não tenho problemas com o jornalismo desportivo assumido e descomplexado mas tenho dificuldade em lidar com a falta de nível e de substÂncia a que LS nos vem habituando. Acredito que a crítica construtiva pode ser pública e vir da imprensa, dos blogues, enfim dos benfiquistas. De certa forma é o que tentamos fazer neste espaço em que é ponto de honra sermos livres e descomprometidos para dizer o que pensamos sobre tudo o que envolve o Benfica.

Obrigado pelo seu comentário e apareça mais vezes!


De Francisco Sousa a 30 de Julho de 2009 às 11:54
Caro Miguel, concordo em absoluto com o que diz. E, é certo, que me tornarei visita habitual deste blog, aliás tenho vindo a sê-lo de forma regular. É com agrado que leio as opiniões aqui formuladas, tendo concordado, na generalidade, com aquilo que vem sendo dito. É isto o espírito benfiquista e esta uma das razões de ser benfiquista, a critica descomplexada ao clube que se consubstancia no "amor" que temos pelo mesmo.
Um abraço
saudações benfiquistas
Francisco Sousa


De Miguel Pimentel a 30 de Julho de 2009 às 12:07
Caro Francisco,

Muito obrigado pelas suas palavras de elogio que, acredite, são um forte incentivo e, claro, pela sua visita regular. Esperamos conseguir continuar a merecer a sua leitura mas pedimos-lhe (a si como a todos os nossos leitores) que nos façam chegar críticas e sugestões porque só assim poderemos melhorar.

Um abraço! E Pluribus Unum!


De André Couto a 30 de Julho de 2009 às 14:54
O "jornalismo" vergonhoso em que a TVI tem baseado o seu trabalho nos últimos meses fala por si. De informação a TVI tem muito pouco e consequentemente o maisfutebol não poderia ser diferente.
Esperemos pelo dia em que a deontologia do jornalismo seja cumprida a bem ou a mal. Pior do que o lápis azul são terroristas e oportunistas escondidos atrás de uma carteira profissional.


De Anónimo a 31 de Julho de 2009 às 18:02
Errado. A equipa não é a mesma. Apenas eu, Luís Sobral, trabalho nos dois lados. Rigor, por favor. Cumprimentos.


De Miguel Pimentel a 1 de Agosto de 2009 às 03:08
Remeto para o meu comentário supra. Cumprimentos


De df a 31 de Julho de 2009 às 18:04
Errado. A equipa não é a mesma. Só eu, Luís Sobral, trabalho nos dois órgãos de informação. Existe também um programa feito em conjunto, de nome Maisfutebol, à sexta-feira. Passa na TVI24. Cumprimentos.


De Miguel Pimentel a 1 de Agosto de 2009 às 03:11
Ainda não vi esse programa mas vvou fazer por ver na próxima semana. Se for animado do espírito do sobe e desce será com certeza sumarento para o epluribusunum.


De Porto Benfica jogo em directo a 2 de Maio de 2010 às 17:57
Ta explicado! Não é preciso dizer mais nada ...


De André Couto a 30 de Julho de 2009 às 14:54
Excelente post, Miguel!


De Miguel Pimentel a 30 de Julho de 2009 às 17:38
Obrigado, colega! Não é dificil escrever sobre o senhor sobral...:)


De Filipe Martins a 30 de Julho de 2009 às 14:56
Gostei muito da sua reflexão, Miguel. O que se tem passado é efectivamente falta de maturidade democrática e tem que ser denunciado pois não podemos sucumbir a esse facto.


De Miguel Pimentel a 30 de Julho de 2009 às 17:37
Caro Filipe,

Muito obrigado pelo seu comentário. Apareça por aqui mais vezes!

E Pluribus Unum!


De df a 31 de Julho de 2009 às 18:06
Concordo: boicotar órgãos de comunicação social é falta de maturidade democrática. O texto é fraco. Cumprimentos.


De Miguel Pimentel a 1 de Agosto de 2009 às 03:01
Concordo. Mas, é dificil incluir o maisfutebol na categoria "órgão de comunicação social"...


De Df a 2 de Agosto de 2009 às 18:00
Sim, já percebi que tem diversas dificuldades.


De df a 31 de Julho de 2009 às 18:01
Obrigado pelo tempo que dedicou ao Maisfutebol. Lamento informá-lo de que o logo já não é esse. Cumprimentos, Luís Sobral


De Miguel Pimentel a 1 de Agosto de 2009 às 02:57
DF,

Obrigado pelo tempo que dedica ao E Pluribus Unum. Aqui dedicamo-nos ao Sport Lisboa e Benfica e a mais nada.

Cumprimentos


De Rui Rei a 2 de Agosto de 2009 às 12:44
Parabéns pelo blog. Não o conhecia, tive acesso hoje pela primeira vez e só desejo e espero que continue.
Em relação ao sr. "jornalista" Luis Sobral que andou anos a comer do prato que agora anda a cuspir só posso entender isso porque possivelmente quando entrou esta direcção deixaram de deitar mais palha para pessoas da laia do tal jornalista. Como já devem ter reparado, o "mais futebol" só ainda não vende camisolas e postais do dirigente mais corrupto em Portugal mas possivelmente dentro de algumas semanas até isso venderá pois até livros do clube do guarda abel já vendem....

Saudações Benfiquistas e faço um apelo, só todos unidos e apoiando a nossa equipa nos bons e nos maus momentos é que conseguiremos ganhar aos adversários dentro do campo e aos parasitas e corruptos que circulam fora do campo.



De Miguel Pimentel a 2 de Agosto de 2009 às 20:11
Caro Rui,

Muito obrigado pelo comentário e pelo incentivo. O lema deste blogue apela à solidariedade de todos os benfiquistas para com todos os benfiqustas porque esse é o lema do clube. Neste espaço comentaremos, apoiaremos (sempre) mas não deixaremos de dar a nossa opinião. Independentemente do tom, fá-lo-emos sempre numa perspectiva construtiva esperando conseguir contribuir para um debate elevado em torno do Grande Sport Lisboa e Benfica! Contamos com todos os que aqui vêm porque é com esses que, em primeiro lugar, nos propomos debater uma paixão que é comun; o Sport Lisboa e Benfica!

E PLURIBUS UNUM



De Mario a 24 de Agosto de 2009 às 04:01
Curioso, no mínimo. O Benfica acha-se no direito de definir o que é jornalismo ou não, e de regular a comunicação social...
Rico índice de maturidade democrática...
Maturidade democrática é respeito pela opinião alheia! E acho ainda mais curioso que, tendo em conta o mercado do jornalismo desportivo no nosso país, se fossem todos os clubes fazer o mesmo, era o benfica que acabava com mais jornalistas nas suas conferencias de imprensa...
Sim, porque o que se trata aqui não é de jornalismo, é de anti-benfiquismo e pró-benfiquismo. Os dois são jornalismo de fraquíssima qualidade, mas o benfica só deixa um à porta...


De Miguel Pimentel a 24 de Agosto de 2009 às 04:39
Caro Mário,

Agradeço a sua visita e o seu comentário. Como é público, a Direcção do Sport Lisboa e Benfica nunca explicou a atitude e isso, tal como já dizia no post, é merecedor de censura.

Quanto ao resto repito uma das frases que escrevi no post comentado e que talvez possa merecer o seu acordo: "jornalista é quem se obriga, cumpre e esforça-se por fazer cumprir um código deontológico positivo ou costumeiro que regula a actividade dos profissionais da informação"

O Benfica não deve pretender regular a actividade jornalística mas tem o direito, isso sim, de exigir o respeito que merece uma instituição com a sua representatividade social. Não sei se costuma estar atento ao trabalho de Luís Sobral mas se o acompanhar por um período minimamente representativo talvez não tenha dificuldades em perceber o tom acintoso que é dirigido ao Sport Lisboa e Benfica ou o cariz estranhamento tendencioso (dizem que até tem passado de benfiquista) com que pontua o seu comentário futebolístico, nomeadamente, no espaço "sobe e desce" do maisfutebol.


De Mario a 24 de Agosto de 2009 às 05:17
Caro Miguel Pimentel,

"jornalista é quem se obriga, cumpre e esforça-se por fazer cumprir um código deontológico positivo ou costumeiro que regula a actividade dos profissionais da informação"
Concordo perfeitamente com a sua opinião. Mas à pergunta "A quem compete regular a prática jornalística quando o código deontológico da profissão não é cumprido?" a direcção do Benfica arroga-se a responder "Nós."

O Benfica tem todo o direito de defender a imagem do clube. Mas não apresentou queixa, nem se manifestou publicamente. Regulou tendo como instrumentos de regulação os seguranças da Luz.
E isto é grave, como deve concordar.

Não estou atento ao trabalho de Luís Sobral, possivelmente já terei lido algo dele, mas não há-de ser muito diferente do grosso da imprensa desportiva: medíocre. Mas uma coisa acabei de saber pelas suas palavras:


Luís Sobral faz comentário futebolístico.


Leia outra vez.

Comentário é diferente de jornalismo.
Concordo que a imprensa desportiva não prime pela escolha dos seus comentadores, sacando da gaveta alguns "notáveis" e "bem-pensantes" com conversa de café e paixões mal resolvidas em vez de gente com um mínimo de conhecimento táctico e técnico do mundo do futebol, ou do desporto em geral.
Grave é se ele faz comentário quando devia fazer jornalismo. Mas um artigo de opinião não passa a ser jornalismo por estar num jornal, impresso ou online.

Opinião é isso mesmo: pessoal e subjectiva. Exactamente aquilo que o jornalismo abjecta. Mas é a livre expressão da opinião que faz da democracia uma democracia a sério.

Se de facto a direcção do SLB bloqueia o acesso a um órgão de informação por uma coluna de opinião, é duplamente grave. E explicaria muita coisa.

Mas como não emitiu nenhuma explicação, ficamos todos, aí sim, mal informados e ignorantes. Exactamente aquilo que o bom jornalismo combate...

Cumprimentos


De Miguel Pimentel a 24 de Agosto de 2009 às 11:12
Caro Mário,

Talvez induzido por uma escolha menos cuidada de palavras da minha parte (asseguro-lhe que resultado da hora a que escrevia e não de um expediente retórico) o que é facto é que acaba de tocar o ponto essencial desta discussão.

Luís Sobral é director do Maisfutebol que para além de ser um jornal online de ampla divulgação faz parte do universo TVI. Para além disso, Luís Sobral é editor de desporto da TVI, sendo que a estação de televisão transmite um programa com o mesmo nome. Estas são as responsabilidades profissionais de Luís Sobral. Ora, torna-se praticamente impossível distinguir o tom do dito comentário do que possa ser identificado como jornalismo feito por este senhor, porquanto ele próprio faz por confundir os dois registos (se é que há afinal dois registos) Trata-se, portanto, como de resto poderá constatar com os seus próprios olhos, de um modus operandi subsidiário do jornalismo côr-de-rosa a la TVI, filho e sobrinho de Manuela Moura Guedes, que não ilustra a actividade que o próprio se arroga desempenhar e que, em função das referidas responsabilidades, não pode deixar de ser analisado uniformemente por quem, como nós, comenta (agora sim indiscutivelmente) por gosto por paixão. Se Luís Sobral umas vezes comenta e outras tantas faz jornalismo não me compete a mim perceber o que é o quê se ainda por cima o estilo é sempre o mesmo, diria até mais, recorrendo a alguma liberdade gramatical, "demasiado o mesmo".

Para criticar a direcção do Sport Lisboa e Benfica por não ser transparente nem nos prodecimentos nem na explicação da sua própria conduta estou sempre pronto, como alías ficou patente no texto que amavelmente comentou e noutros que já aqui escrevi. É uma forma irresponsável de exercer o mandato conferido pelos sócios e que deveria despertar a consciência dos benfiquistas. No entanto, volto a repetir, à Direcção do Sport Lisboa e Benfica, enquanto sócio, exijo também que defenda intransigentemente o interesse do Benfica e que não permita faltas de respeito, designadamente, as que pela sua constância e visibilidade colocam em causa a imagem do clube. Se o fez da melhor maneira? Não, designadamente porque não tornou claro os seus porquês. O meu texto, creio, sem ter deixado de identificar esta lacuna e sem abdicar de criticar o tipo de jornalismo do senhor Luís Sobral e, por seu intermédio do Maisfutebol, tem também uma certa dimensão de desabafo de um benfiquista que se cansou de, semana após semana, do tom parcial, jocoso, uma vez mais acintoso, portanto, pouco respeitador, de alguem que, pelas suas repsonsabilidades tem obrigação de fazer diferente: "Seja qual for o motivo, não deixo de me sentir aliviado por todas as vezes que li os sobes e desces e demais análises bacocas do Senhor Sobral sobre um clube que não conhece e pelos vistos não respeita."

Quanto ao exercício efectivo da supervisão da actividade jornalística apenas faço notar que a mesma não depende de queixa mas da mera atenção dos respectivos supervisores, como de resto faz sentido e estou certo que concoradará. Ademais, compete a todos, cidadãos, em conversas, sérias ou de café, nos blogues, nas caixas de comentários, no correio dos leitores exercer todos os dias um poder de supervisão diferente, não institucional claro, mas que ainda assim pode contribuir para discutir com elevação assuntos tão ou até muito mais sérios do que este. É isso que humildemente procuro fazer neste espaço dedicado ao Sport Lisboa e Benfica, é isso que o Mário fez ao partilhar o seu ponto de vista connosco nesta caixa de comentário.

Cumprimentos

Miguel Pimentel


De Nogueiro a 17 de Maio de 2010 às 15:14
Desculpem caros benfiquistas, encontrei este blog nao porque tivesse a procura de noticias do benfica, mas sim porque queria saber se era o unico que que tinha notado na falta de talento jornalistico e na falta de isençao deste pseudo-jornalista Luis Sobral, contudo nao partilho a vossa opinião nao acho que ele seja anti-benfiquista, até porque ja li varios artigos em que ele critica erradamente o porto afim de evidenciar o benfica, até faz questao de colocar artigos do benfica na seccao do FCP. Questiona muitas vezes o Carlos Queiros (seleccionador) tudo bem que ele merece ser criticado, mas quando so critica aspectos que mais ninguem se lembraria e sao errados demonstra bem que ele pode até ser jornalista, mas nao sabe apreciar futebol certamente. Tenho assim a concluir que este redactor Luis Sobral nao é um anti-benfiquista, mas sim um pseudo-jornalista de muito fraco talento.

Saudaçoes Portistas


De Jogos de Carros a 26 de Abril de 2011 às 23:51
Não posso deixar de concordar contigo


Comentar post

No terceiro anel
Pesquisa
 
Últ. comentários
Realmente não quis. Mea Culpa...
Não posso deixar de concordar contigo
Viva o Quim
Não quer dizer nada
Com o Paulo Bentoo os problemas foram sanados e a ...
Adoro este blog e já o leio à alguns dias a seguir...
O Roberto também foi dispensado pelo Quique...
Desculpem caros benfiquistas, encontrei este blog ...
Ta explicado! Não é preciso dizer mais nada ...
Benfica ... who else?
Mais comentados
Arquivos

Agosto 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Outras bancadas
Tags

todas as tags

Subscrever feeds